É possível alcançar resultados estéticos com procedimentos simples, rápidos e minimamente invasivos. Uma dessas técnicas consiste em utilizar uma substância relaxante muscular, aplicada localmente, para eliminar as chamadas rugas de expressão.

Este tipo de procedimento foi utilizado pela primeira vez no final dos anos 60. Um oftalmologista utilizou um relaxante muscular para o tratamento não-cirúrgico do estrabismo. Rapidamente se percebeu o potencial de utilização noutras áreas como a estética facial.

As rugas de expressão


As rugas de expressão aparecem pela repetida contração muscular de uma zona. É um dos sinais mais evidentes de envelhecimento facial. Hábitos de expressão tão simples como franzir a testa ou forçar a vista, resultam em contrações musculares exageradas que podem acelerar o aparecimento destas rugas.

Quando se injeta um relaxante muscular nessas rugas, a substância vai bloquear a contração muscular dos músculos encarregados da contração nessas zonas e por isso impedir a formação das rugas indesejadas.

Este tipo de tratamento pode ser realizado de forma preventiva ou para tratar rugas já existentes. No entanto, não é aconselhável a aplicação em grávidas e/ou durante períodos de amamentação.

É um procedimento que demora cerca de 30 minutos e o efeito começa no segundo dia após a aplicação, chegando ao efeito máximo entre uma a duas semanas após. Os resultados duram de 6 a 9 meses, sendo por isso recomendado realizar outro tratamento passado esse tempo.

Contacte o Instituto Português da Face para um tratamento individualizado ao seu caso.